Ultimas Noticias

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Últimas 24 horas em Caldas Novas: 2 mortes e uma tentativa de homicídio


 
RONALDO SILVA FILHO, 22 ANOS, MORTO A TIROS
NO INICIO DA NOITE DESTA QUARTA FEIRA


Alison Maia – Repórter Policial

Mortes por banalidades e acertos de contas voltam a tomar conta de Caldas Novas nestas últimas 24 horas.  A primeira morte aconteceu no final da tarde de ontem (18) no setor Lago das Brisas na Rua 02 com a Rua 06.

 
Segundo informações da Polícia Militar um homem apenas conhecido como “galego” que estava em um Chevette de cor prata, aproximou-se da vítima, Lincoln da Purificação da Silva de 34 anos, e com uma arma em punho saiu disparando várias vezes. Lincoln foi socorrido, mas ao dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento de Caldas Novas (UPA) a vítima não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Os levantamentos realizados pela polícia no local deram conta que as motivações do crime teriam sido por um desacordo comercial entre autor e vítima. O autor conhecido apenas pelo apelido de galego foi identificado como sendo da comunidade cigana. Os policiais estiveram na comunidade cigana e os próprios ciganos informaram que o possível autor do homicídio esteve no local recolhendo os pertences pessoais e depois fugiu. Até o momento a polícia não sabe do paradeiro do autor do assassinato.

Tiroteio deixa uma pessoa gravemente ferida;

Horas mais tarde, por volta das 23 horas desta terça-feira (18) mais um tiroteio ocorreu em Caldas Novas entre gangues rivais deixando um jovem gravemente ferido.

 
O fato aconteceu no setor Caldas Oeste em um local conhecido como “campo do Junqueira”. Testemunhas disseram que dois elementos já identificados passaram pelo campo e atiraram várias vezes contra José Januário da Silva Neto, 23 anos (foto). Após os disparos os autores fugiram do local, mas foram identificados por testemunhas que estavam no local.

José Januário foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento de Caldas Novas com pelo menos 4 disparos e seu estado de saúde ainda é considerado grave. Na manhã desta quarta-feira (19), policiais estiveram no hospital para falar com a vítima que estava lúcida e a vítima disse aos policiais que os autores dos disparos seriam; um indivíduo conhecido apenas como Ronaldinho (foto) este pilotava a moto e o autor dos disparos teria sido um elemento conhecido por Jonathan Bitencourt, ambos os acusados apontados pela própria vitima. José Januário tem passagens pela polícia.

Acerto de contas faz mais uma vítima em Caldas Novas

 

Por volta das 18 horas desta quarta-feira (19) policiais militares do Grupo de patrulhamento Tático da PM de Caldas Novas (GPT) foram acionados pelo Centro de Operações da PM (COPOM) para comparecerem na Rua Eudóxio Gonzaga de Menezes no setor Santa Efigênia onde segundo solicitações estaria acontecendo um tiroteio.




Os PMs então foram para o local e lá depararam com viaturas dos Bombeiros e do SAMU paradas em frente a uma residência na Quadra 54. Nos fundos da casa estava o corpo de Ronaldo Silva Filho, 22 anos, morto a tiros por pelo menos dois elementos já identificados pela polícia.

Como tudo aconteceu;

 
O tio da vítima contou aos policiais que Ronaldo entrou correndo invadindo quintal adentro e atrás dele vinha outro elemento com uma arma em punho atirando. O tio disse que tentou agarrar o autor pelos pés que chegou a cair, mas levantou-se, foi até a vítima e a executou a tiros. Após atirar contra Ronaldo o autor subiu na garupa de uma motocicleta de cor preta. “Eu estava sentado no sofá da sala quando ouvi os tiros, sai para ver quando vi uma pessoa caindo de moto na entrada da minha garagem, era meu sobrinho fugindo de alguém, logo atrás um sujeito de aproximadamente 1,70m (um metro e setenta de altura) era forte e tinha uma cabeça grande, ele veio atirando, quando ele passou por mim eu ainda tentei agarrar nos pés dele, ele caiu, mas levantou rapidinho, ai ele terminou de fazer aquilo que começou. Eu sabia que um dia isso iria acontecer...” disse o tio da vítima.

Ronaldo, conhecido no mundo do crime como “Ronaldinho” morreu vítima de 5 disparos de um possível revolver calibre 38. Os disparos atingiram a mão direita, 01 na virilha, 01 nas costas e 02 na região do tórax.

Polícia já identificou autores e a motivação do crime;

 
Segundo a polícia, as motivações estão diretamente ligadas à tentativa de homicídio contra José Januário (foto) ocorrido na noite desta terça-feira (18) no setor Caldas Oeste (conforme matéria anterior). Os autores já foram identificados, mas a polícia mantem suas identidades em sigilo para não atrapalhar as investigações. Além dos Policiais do GPT esteve também presente no local do fato o Delegado Titular da Polícia Civil de Caldas Novas, Alexandre Câmara que juntamente com os outros delegados tem comparecido em todas as cenas de crime. Para polícia com os autores identificados é questão de tempo para pegar os autores.  
  
Ronaldo tinha várias passagens pela polícia por furto, roubos, posse de arma de fogo e drogas e também era investigado por outros crimes.  

Edjaine Barbosa ""

Edjaine Barbosa Blogueira desdi 2010.Colaboradora da Revista olha jn da Rádio Sulamerica FM E Rádio Cultura FM
 
Copyright © 2014 Plantão Policial Go
Design by Edjaine Barbosa